Você está aqui: Página Inicial > São João do Piauí > Notícias > Projeto Judô Caminho Suave realiza 5ª entrega de faixas

Notícias

Projeto Judô Caminho Suave realiza 5ª entrega de faixas

publicado: 02/12/2019 14h18 última modificação: 02/12/2019 14h18

Na última sexta-feira, 29, o Campus São João do Piauí realizou a 5º outorga de faixas do projeto Judô Caminho Suave, onde  43 jovens e crianças foram promovidos a uma nova graduação.

O evento contou com a presença dos pais e amigos dos judocas, assim como do prefeito da cidade de São João do Piauí, Dr. Gil Carlos, e de sua Secretária de Esportes, Adriana de Castro.

O projeto Judô Caminho Suave foi iniciado ainda em 2014, quando o professor Thiago Brito (faixa preta 2º Dan filiado à Federação Piauiense de Judô) começou a dar aulas de judô gratuitas para crianças e adultos da rede pública e privada de ensino da cidade.  Em 2017, o projeto cresceu e se transformou em Ippon-Plié, quando a dentista do campus e bailarina clássica, Débora Lima, passou a ofertar também de aulas de balé. O público atendido, que anteriormente era de cerca de 50 crianças atendidas pelo judô passou então a cerca de 140 pessoas, sendo 100 nas turmas de judô e 40 nas turmas de balé.

“Foi minha prima que me convidou para o judô. No começo minha mãe não queria que eu treinasse, mas mesmo assim eu vinha da aula direto para o treino. Com o tempo, fui entendendo que com cada desafio vencido em cada treino, com cada luta, é seu espírito que se torna invencível”, falou emocionada a judoca Crislane Sousa, promovida a faixa amarela.

Mesmo com a contenção de gastos promovido pelo Governo Federal em 2019 , o que levou à suspensão temporária das atividades do balé e à sucessivas mudanças de horário do judô, as atividades do Ippon-Plié continuaram, e em outubro, uma equipe de 10 judocas sanjoanenses conquistaram 7 medalhas na Campeonato Piauiense de Judô Iniciantes,  e  firmaram apoio com a Prefeitura Municipal para patrocinar a participação em outros campeonatos em 2020.

“Manter a regularidade dos treinos, apesar das dificuldades, este ano foi um desafio e tanto. Mas o dojô é minha terapia e cada um desses meninos e meninas se torna parte da minha família. Compartilhar o que sei com cada um dos meus alunos na verdade é a melhor forma de retribuir por tudo que aprendi com meus próprios mestres. E espero que em 2020 possamos crescer e aprender juntos ainda mais”,  falou o professor Thiago Brito, coordenador do projeto.

 “É notável a função social de uma ação voluntária como este projeto, que alcança crianças de vários níveis sociais e lhes proporciona uma oportunidade não só de inserção social, mas de formação de valores que levarão para a vida. Por isso a Prefeitura de São João tem tanta satisfação em apoiar ações como esta e esperamos que em 2020 nossa parceria produza ainda mais frutos”,afirmou o prefeito Gil Carlos.